Amiel Augusto

"Professor nato" e amigo eterno

Texto: Adriana Teixeira e Luciana Teixeira.
amiel2.png

Figura 1: Amiel tocando violino.

Papai

Nosso pai, o mais carinhoso e dedicado. Aprendemos, com ele, que ajudar não custa nada, mas não ajudar nos corrói. E ele realmente se preocupava com todos a sua volta, sempre com um conselho, uma pesquisa, uma preocupação com o próximo.  

 

Professor nato, adorava transmitir seus conhecimentos, um homem de enorme cultura.  Não havia assunto que não dominasse, além de possuir um vasto domínio da língua portuguesa e suas raizes.  Chamávamos-lhe de “um verdadeiro dicionário ambulante”.  

 

Amava navegar, uma boa arte clássica, um bom museu, viajar e uma comida refinada, mas suas grandes paixões eram: Sua esposa, filhas e netos, a música clássica, o violino e dançar.

amiel4.png

Posts relacionados

quadro.png

Figura 4: Amiel retratado por seu pai Oswaldo Teixeira.

Figura 2: Amiel e sua amada esposa Célia.

amiel3.png

Figura 3: Amiel, sua esposa e filhas.